Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , ,

Chega o Dias dos Namorados e sempre existem alguém afim de arranjar um namorado(a). Um ano todo sem ninguém e justo nessa data não há com quem comemorar? Se fosse noutra parte do mundo seria mais fácil entender isto, afinal, ocorre uma só vez por ano, mas cá em Brasil isto não é um grande problema.

E se você já tem alguém talvez não lhe agrade muito. Será? Não responda perto de sua namorada. Ao menos não antes de ler todo o texto. Pelo bem do relacionamento. Afinal, existem dois dias dos Namorados. O dia de São Valentim, embora não seja muito popular, pouco a pouco ganha mais força. Celebrado no dia 14 de fevereiro. Logo depois, alguns meses, existe o dia brasileiro, próximo do casamenteiro Santo Antônio.  Dia de 12 de junho.

Dia 12, 14 e o 13? Será precaução para evitar a famosa sexta-feira 13 em pleno dia dos namorados? Afinal, a data de Santo Antônio é bem no 13. Talvez pelo apelo comercial…

Acredito que os casais ficarão felizes já que são duas datas para comemoração. Mas sempre tem aquele pão-duro que se recusa a comprar um único presente. Dois ainda? Caso a moda pegue e a namorada queira, provavelmente o país emigrará milhões de brasileiros para terras, digamos, mais “econômicas”. Talvez os hermanos argentinos possam se oferer para abrigá-los, pois, além de tudo, são vizinhos.

Até mais,

Búfalo